Como os Media Manipulam a Nossa Visão do Mundo

by - 20:00:00


Como





Neste post, distancio-me um pouco do tema como criar a nossa própria realidade, para me focar em como desconstruir a realidade que criaram para nós.



Porque pensamos o que pensamos?

Já falei um pouco sobre a importância da opinião própria e do discernimento na Lei da Atração. Embora algumas pessoas que possas ter conhecido a utilizem de forma inconsciente na sua vida para atrair o que desejam, o facto é que é importante ser-se consciente das crenças que formamos e como estas influenciam as circunstâncias.

Pensamentos formam crenças, e crenças moldam a realidade. 

O sistema de crenças tornou-se tão parecido de pessoa para pessoa, que isso criou a ilusão de que existe apenas uma realidade, aquela que todos vivemos em simultâneo, e que quem se desviar desta visão é taxado de louco, de irrealista.


Como



Todo este sistema de pensamento -  desde as crenças que formámos desde crianças, até à maneira que a maior parte dá a sua definição de louco - foi-nos incutido, ensinado e plantado propositadamente por entidades que nos queriam ensinar a pensar para servir os seus próprios interesses.

Sim, sim, já sei o que estão a pensar...mais uma contra o Sistema. Mais uma teórica da conspiração. Mas e se eu vos dissesse que até a reação das pessoas e o termo "teoria da conspiração" foi algo inventado por aqueles que não querem que saibas a verdade?


Máquinas trabalhadoras


Como



Reflitam um pouco comigo sobre o Mundo que vos rodeia. Não falo do planeta em si, das árvores, animais, rios e tudo o que já estava aqui antes de nós, humildes seres humanos, habitarmos a Terra.

Falo da estrutura que comanda a nossa vida. Esta estrutura é invisível, mas omnipresente.

É a razão pela qual milhões de pessoas trabalham para sacrificar o seu tempo de qualidade, saúde mental e liberdade apenas por uma mísera quantia que lhe dá de comer e pouco mais. 

É a fonte de conhecimento através da qual a população bebe informações, a maior parte delas tóxicas, pois até a História que aprendemos ensinou-nos que apenas os que ganham é que têm a oportunidade de escrever a história. São os media, as instituições, as corporações.

Quando nos é relevada apenas um resquício da verdade sobre o Sistema e as pessoas que o comandam, dizem-nos: "É normal, eles fazem tudo por dinheiro. O dinheiro é a raíz de todo o mal."

Para tudo o que desvendamos, a razão que nos dão é "segue o dinheiro", como se ter sucesso na vida, conforto e uma abundância de recursos fosse algo inerentemente maldoso, errado e condenável.



Como



Por essa razão, puseram-nos a trabalhar, para compensar por uma falta que nem nós sabíamos qual era. Seria dinheiro? Seria amor? Reconhecimento? Prestígio?

A resposta, meus caros leitores, é a espiritualidade. É o reconhecimento de que somos mais do que carne e osso, mais do que uma máquina que serve ao Sistema. O nosso propósito maior é a Felicidade, e estamos cá apenas para isso, pois todo o resto foi um conjunto de crenças que nos ensinaram para nos levar à ilusão de que a Felicidade é passageira e imoral. 



Um turbilhão de emoções à hora do jantar


Como



Todas as noites, por volta das 20h da noite, a contagem decrescente começa mais uma vez para dar início ao telejornal. Tantas famílias sentam-se em frente à televisão para assisti-lo, que se tornou um ritual obrigatório no dia-a-dia dos portugueses.

E quando começa, não importa o dia ou a hora, parece que nada mudou. O Mundo continua a ser um lugar terrível para se morar, pois os impostos aumentam, a moeda desvaloriza, e mesmo assim vemos pessoas em iates e mansões, enquanto há outras a viver na rua. E o terrorismo, não se esqueçam do terrorismo!

Bombardeiam-nos com este cocktail de emoções, em que numa notícia tudo está bem e as pessoas vão de férias (adoro quando dão notícias de pessoas a ir à praia no verão, que coisa tão extraordinária!), e noutra o país está cada vez mais endividado (a quem?).

E a maior mentira de todas é que tudo isto é para nos informar. Quando sabemos perfeitamente que hoje em dia tudo pode ser comprado, manipulado e corrompido, para servir quem está acima da pirâmide.


A História das Famílias do poder


Como



Desde que a Humanidade existe, que as guerras existem, é um facto. Mas sem dúvida a maior disputa em que nos encontramos neste momento da História, é entre a verdade e a ilusão - e há muitas frentes em combate.

Esta dualidade entre verdade e mentira, os bons e os maus, o certo e o errado, sempre foi muito utilizada para contar histórias e estabelecer uma conclusão de quem é que vence.

Mas quer estejamos a falar de uma discussão ou de uma guerra em grande escala, a luta nunca vai resolver o conflito, apenas a consciência de que as duas realidades podem coexistir. 

A união faz a força, e é por isso que quem questiona o Sistema é rotulado de teórico da conspiração, porque quando se separam as pessoas em duas caixas diferentes, cada um é impedido de ter empatia e ver através da perspetiva do outro.

A empatia, a união, a paz é que realmente despertam as pessoas e as fazem ver a verdade.

A ilusão que nos criaram é a de que quem tem uma visão diferente e vive de outra maneira deve ser eliminado, separado de toda a sociedade e condenado. 

As poucas famílias que dominam o Mundo, com uma fortuna estimada de triliões de euros, sabem que as guerras dão lucro, e que separar as pessoas faz com que elas tentem preencher o vazio em coisas materiais e fúteis, incluindo pensamentos e maneiras de ser.

Pesquisem sobre as famílias Rotschild, Morgan e Rockefeller e entendam que quem criou o Sistema tem uma cara e uma história. 

Se estivéssemos num filme de Hollywood, estes seriam os maus da fita, mas como isto é a vida real e tudo tem um significado, eles têm um papel que transcende tudo que é físico, e são uma das principais razões para o acordar de milhões de pessoas, e para mudanças que estão a melhorar a Humanidade.


Entendendo as mensagens


Como



Há muito material valioso por aí que explica como os media usufruem de técnicas psicológicas que nos fazem uma espécie de lavagem cerebral e nos fazem pensar que a vida é vazia de significado, as pessoas são más e temos que trabalhar para comprar coisas que não precisamos.

Mas aqui revelei-vos a principal ilusão que nos ensinaram desde sempre: o diferente é errado, a mudança é errada.

Mas a verdade é que o diferente é que muda o Mundo, e quando o Mundo muda tudo melhora, porque sem problemas não existiriam soluções, sem aspetos negativos não conseguiríamos ser gratos pelos positivos. 

Por isso não condeno o Sistema em que vivo, mas abraço-o como aquilo que faz parte do agora, do momento da História em que nos encontramos. E a minha missão é inspirar aqueles que estão preparados para transcender as crenças e barreiras que lhes foram impostas, e se libertarem. 

Se alguma vez te questionaste sobre o porquê da vida e das coisas funcionarem como funcionam, desejo que encontres dentro de ti a verdade, e a energia para te focares no positivo, na presença do amor, da abundância e da felicidade. 

Questiona-te, e as respostas virão a seu tempo. E o tempo é de mudança.

Cláudia




You May Also Like

0 comentários

Pages