Home » , , , , , , , » 7 Crenças Limitantes Sobre Dinheiro Que Nos Fizeram Acreditar

7 Crenças Limitantes Sobre Dinheiro Que Nos Fizeram Acreditar

Written By Cláudia Rocha on 1 de fevereiro de 2017 | 14:31:00


Dinheiro



Dinheiro é simplesmente uma manifestação física do quanto permitimos a Abundância. Estás a permiti-la? Se tens alguma destas crenças, está na hora de substituir velhos padrões de pensamentos.

1. O dinheiro não cresce nas árvores.
Ah, a frase mais ouvida quando se fala neste assunto. Segundo os nossos pais, ganhar para adquirirmos o que desejamos requer esforço, muito esforço. E, se não fizermos esse esforço, não somos merecedores.

Substituir por: o dinheiro cresce nas minhas mãos.
É libertador saber que o nosso sucesso financeiro nos cabe apenas a nós - não às condições económicas, oportunidades de emprego, nível de escolaridade, etc. A energia da abundância financeira é permitida por nós apenas, e é fruto das nossas crenças.

2. Há uma quantidade limitada e se tiveres demasiado, estás a roubar aos outros.
Os bancos (ou melhor: a Reserva Federal) produz uma quantidade limitada de notas que valem ouro, e como são raras apenas se limitam a quem as conseguir. Por isso, se tiveres demasiadas, estás a impedir os mais necessitados de terem a sua parte.

Mentira. Quem decide a gestão do dinheiro são os bancos e governos de cada país - ou melhor, quem faz a gestão de tudo é o Universo. É um processo demasiado grande e complicado, e tudo se resume ao quanto cada um permite fluir na sua vida. E abundância não é apenas a quantidade de dinheiro que tens no banco.

3. A ganância é a raíz de todos os males.
Segundo Adamus Saint-Germain, esta foi inventada pelas pessoas com muito dinheiro, para impedir os "plebeus" de ascenderem e todos se tornarem ricos também. Se o dinheiro for visto como algo pecaminoso, vamos subconscientemente repeli-lo, por ser algo maligno.

Não existem pessoas boas e más, nem coisas boas e más. Existe simplesmente positivo e negativo. Se resistirmos ao positivo, estamos a emitir uma energia negativa, que consequentemente atrai circunstâncias negativas.

4. Tens de ser muito inteligente para teres sucesso financeiro.
Normalmente quem é rico passou por cima de muita gente e engendrou muitos esquemas. Ou, simplesmente, estudou muito, tirou um diploma e por isso adquiriu todos os conhecimentos necessários e o status que lhe permitiu ascender a um cargo alto.

Mito. Há infindáveis exemplos que nos provam que podes vir do meio mais humilde, de uma família desfavorecida e sem estudos, e mesmo assim podes ser milionário, bilionário nalguns casos. Tudo tem a ver com uma mentalidade positiva. O Universo não quer saber se estudaste na melhor Universidade e se te graduaste. A Abundância não escolhe ninguém a dedo, cabe apenas a ti permiti-la!

5. Não podes cobrar pelos teus serviços se tiverem a ver com ajudar as pessoas.
Ajudar as pessoas é um requerimento básico para sermos bons seres humanos. Especialmente se fores um líder espiritual, é imprescindível desapegares-te de bens materiais, e se possível não cobrar nada (ou quase nada pelos teus serviços).

Nada disso! Esta mentalidade é antiquada e não faz qualquer sentido. Deves cobrar sim, se for o teu desejo! Um mestre deve ser um exemplo a seguir. Se o mestre for pobre, sem bens materiais e uma vida que todos gostariam de ter, ele não será, verdadeiramente, um exemplo. Riqueza não é sinal de ganância, mas de sucesso e felicidade.

6. Se cobrares demasiado alto, estás a ser ganancioso.
Se tens um talento e isso for a tua paixão, não deves cobrar por ele. Se gostas do que fazes, não faz sentido lucrares com isso - e, se o fizeres, estás a deixar que "o dinheiro te suba à cabeça".

Mais uma vez: isto NÃO FAZ SENTIDO! Todas as profissões deveriam ser cada um fazer o que ama, e como poderia isto ser possível se ninguém cobrasse por fazer o que mais gosta? Toda a gente gosta de viver uma boa vida e usufruir do melhor que o Mundo tem a oferecer, por isso pode e deve cobrar o preço que bem desejar.

7. Dinheiro não traz felicidade e é imoral quereres ser rico.
Podes ter todo o dinheiro do Mundo, mas não é isso que te vai fazer feliz. Querer dinheiro é errado, porque não é aquilo a que deves aspirar na vida. 

Esta afirmação é metade verdadeira, metade falsa. É verdade que dinheiro não traz felicidade, e que podes ter muito dinheiro mas, se não estiveres bem contigo mesmo, não vais ser feliz por causa disso. A felicidade vem de dentro - se atingires este estado, o dinheiro é simplesmente mais uma desculpa para ser feliz, e usufruis dele de forma gratificante, aproveitando da melhor maneira.

8. Querer muito dinheiro faz-te menos espiritual.
Coisas físicas apenas obstroem o teu caminho de iluminação e distraem-te do que realmente tem valor. Mais vale ser pobre e não ligar a qualquer posse ou prazer físico, pois só assim podes atingir a iluminação.

Não! Uma alma iluminada entende que o mundo físico é para ser aproveitado, contemplado, experienciado. Vivemos na Terra por alguns anos e temos que os aproveitar da melhor maneira que conseguirmos. Podemos e devemos querer abundância financeira.

9. Abundância significa apenas riqueza financeira.
Uma vida abundante, com tudo o que desejas, apenas é possível com muito dinheiro. Sem muito dinheiro, não és verdadeiramente abundante.

Na verdade, abundância ou riqueza é ter, ser e fazer tudo o que desejas, na altura que desejas. Toda a gente já é abundante, só que a maioria das pessoas não sabe. Podes ter tudo, se aprenderes a arte da permissão. E, quanto mais permites, mais entendes que há várias maneiras de ser abundante - como ser abundante de amor, bons momentos, experiências, amizades, etc.

E, por último...
10. Apenas com uma conta bancária abastada terás a tua vida de sonho.
Tens que acumular muita riqueza e posses para teres a vida confortável e descontraída que desejas. Se trabalhares muito, nem terás tempo de usufruí-la.

Esta crença é um mito em que até as mentes mais iluminadas acreditam. Mas não é verdade - este Mundo é tão cheio de oportunidades, e o Universo é tão abundante de possibilidades, que há infinitas avenidas através das coisas a tua vida desejada pode fluir. Há mil e uma maneiras de desfrutares da vida que queres, e ao mesmo tempo teres muito dinheiro. Deixa o cosmos trabalhar e surpreender-te. Acima de tudo, lê mais histórias de pessoas que já vivem a sua vida de sonho, e perceberás que nem elas sabem como aconteceu - simplesmente aconteceu, porque elas permitiram.


Post baseado na palestra de Adamus Saint-Germain, canalizado por Geoffrey Hoppe, "A Clínica da Abundância". 
Se gostaste do post, acompanha o blog na página oficial do Facebook - Vibe High

0 comentários:

Enviar um comentário

Página oficial

Subscreve à newsletter

Artigo em destaque

Como Usar a Lei da Atração: O Segredo na Prática >> PDF Gratuito

Para aqueles que querem aprender os básicos sobre a Lei da Atração e como usá-la para criar a vida que deseja, escrevi um livro que exp...

Envia-me uma mensagem

Nome

Email *

Mensagem *

Seguidores

Instagram