Home » , , » Channelling - O que é e Porque Quero Fazê-lo

Channelling - O que é e Porque Quero Fazê-lo

Written By Cláudia Rocha on 3 de dezembro de 2016 | 01:41:00





Já relatei aqui no blog a minha experiência com os ensinamentos de Abraham Hicks, canalizados por Esther Hicks. Porém, não expliquei especificamente o que é canalizar, ou, em inglês, channelling. Então:

Uma pessoa que canaliza é um transmissor, que se encontra em modo recetivo para as mensagens que fluem através dela. É uma espécie de intérprete de vibração. Parece confuso, porque nem a própria pessoa sabe como o está a fazer. Mas pensem num tradutor: alguém que é fluente em português e inglês passa de uma língua para outra com toda a facilidade, sem racionalizar - já é tão automático na sua mente, que não é necessário quase nenhum raciocínio.


O mesmo se passa com um channeller. As respostas já existem, embora neste caso não sejam palavras, mas ondas de energia. Se analisarmos bem, pensamentos são, por si só, frequências, energia invisível. E vêm de algo maior que nós, porque não somos nós que os criamos - recebêmo-los, porque estamos sintonizados.

A Fonte é a mesma: o Universo, e a Consciência Coletiva que está embutida nele. Esta é eterna, infinita e expansiva. É a junção de todo o conhecimento que existiu - todos os pensamentos que já foram pensados existem, e cada novo pensamento é acrescentado a esta fonte.


Foi a partir deste conhecimento que génios como Nikola Tesla criaram invenções, desenvolveram conceitos visionários e exploraram o que outros génios tinham deixado inacabado: eles sabiam que podiam acessar a esta fonte inesgotável de conhecimento, sem precisarem de saber como ou porquê.

Ninguém precisa de ser religioso ou seguir uma seita para acessar ao Infinito, e deixá-lo fluir através de si. Aliás, todos o fazemos. Mas este estado de fluir (em que praticamente nos tornamos um com o todo) é mais familiar aos artistas, escritores e atletas. Porquê? Porque estas atividades não requerem completa racionalidade!

O caminho para mais iluminação é através do sentir. É deixando de lado todas as suposições e ilusões que o físico nos criou, e rendermo-nos totalmente ao que é - o momento presente, com toda a sua força. Porque não é no passado nem no futuro que vamos buscar a força e o conhecimento que precisamos, é no agora.


Já fazemos channelling porque, ao estarmos recetivos e vulneráveis à energia que tudo é (podendo chamar-lhe Deus, a Fonte, o todo...) interpretamo-la através da nossa extensão física: pelo nosso corpo, mente, ações. Somos os artistas da nossa vida e, quanto mais recetivos estivermos, mais bonita será a nossa experiência.

Voltando a Abraham Hicks: este tipo de canalização consiste na interpretação de entidades não-físicas - seres que se encontram num estado elevado, que já fazem totalmente parte desse todo, do cosmos.

Com esta habilidade, podemos acessar a conhecimentos mais específicos, que respondem especificamente às nossas perguntas. No fundo, somos nós que vamos responder às nossas próprias perguntas, mas a resposta vem do nosso Eu Maior, o nosso eu espiritual, com uma perspetiva mais alargada e sábia - pois já faz parte dessa Consciência Coletiva que mencionei anteriormente.

Há quem diga que as pessoas que têm esse dom de se comunicarem com entidades, vieram à Terra com essa missão, e escolheram-na antes de reemergir para o Físico.

Mas todos podem fazê-lo, adquirindo essa capacidade. Tenho estudado o assunto e entendo que requer um nível elevado de preparação espiritual, por isso saboreio cada crescimento que tenho experienciado e deixo que aconteça para quando estiver preparada.

Espero que tenham achado este post interessante.

Cláudia

0 comentários:

Enviar um comentário

Página oficial

Subscreve à newsletter

Artigo em destaque

Como Usar a Lei da Atração: O Segredo na Prática >> PDF Gratuito

Para aqueles que querem aprender os básicos sobre a Lei da Atração e como usá-la para criar a vida que deseja, escrevi um livro que exp...

Envia-me uma mensagem

Nome

Email *

Mensagem *

Seguidores

Instagram