Usa a tua Imaginação - A Magia do teu Mundo Interno

by - 20:42:00



 Olha para dentro de ti. A sério, olha mesmo. Não, não precisa de ser perfeito. Não precisa de já ter existido. Esquece os “precisos”, porque o que está na tua mente nunca é preciso – é uma obra de arte em constante rascunho. 


A tua imaginação é preciosa. Podes ter esquecido que ela existe, com toda a comoção do dia a dia…aqui é preciso a tua atenção, ali alguém quer que o ouças, mas tu precisas da tua atenção, no mínimo um pequeno momento por dia. 

A tua visão é uma mina de ouro. Ninguém entra na tua mente e emoções, apenas tu podes ver pela tua lente. 

Artistas não criam, reproduzem, são alquimistas do invisível para o percetível. Se reparares bem, a vida é uma arte, ou pelo menos deveria ser.  

Tudo o que passas para o exterior vem de ti, mas o que é que estás a escolher transmitir de ti? Será algo que tentas imitar de alguém? Será plágio de uma arte de viver ultrapassada, ou é a tua vida a tua própria criação, original e inimitável? 

Desde sempre, quis viver a vida como a minha própria arte. Quando vejo um filme ou ouço uma música, ou até quando estou num lugar cuja atmosfera me inspira, não reparo propriamente nos detalhes, mas penso: e se a minha vida tivesse esta sensação? 

E se eu me sentisse no dia a dia da mesma maneira que me sinto quando ouço uma música em que entro num estado de êxtase, e estou nas nuvens? E se eu tivesse desses momentos todos os dias.

É este o meu objetivo.

Há pessoas que vivem o que antes somente sonhavam. Elas não exigiram nada desse sonho, simplesmente se renderam à corrente, ao doce fluir das emoções que surgem quando nos encaixamos numa visão agradável.

Quero dar-te a mão, leitor, a experimentares mais uma vez o poder da tua imaginação. Convido-te a revisitares novamente o teu mundo interno. Seja através de gatilhos externos, ou do silêncio total. Fica imerso por uns bons minutos na tua mente, e verás como ela própria também te convida.

Começas a receber flashes de pensamento - cenários que provavelmente nunca viveste e nem acreditas que vás viver, mas larga todas as concepções mundanas - os "e se", as falsas limitações. Larga tudo, rende-te ao momento.

O que tens de precioso são essas imagens, esses desejos. Esquece o certo ou errado, porque são eles que te fazem quem és! Abraça o positivo e transforma o negativo. Imagina como seria se fosse diferente para melhor, saboreia o sentimento da melhoria. Descobrirás que quem escolhe o tom és tu, e que uma melhor emoção equivale a uma experiência melhor.

Através da tua prática de boas sensações, a tua vida começa a melhorar. Descobres que, afinal, eras tu o tempo todo a decidir o que desejas sentir, e não o que estava fora de ti!

Cláudia 

You May Also Like

0 comentários

Pages