Home » , , » Amor Incondicional

Amor Incondicional

Written By Cláudia Rocha on 7 de abril de 2016 | 12:37:00



Há histórias de amor que acabam em tragédia. Há frases que dizem: "Se acabou, como podia ser amor no primeiro lugar?" e isto aplica-se tanto em relacionamentos amorosos como em amizades de longa data. As emoções à flor da pele podem deixar-nos desconfortáveis, sem controlo de nós mesmos, perdidos num mar de confusão. Pensamos em tudo ao mesmo tempo. Isto descreve o que pode ser gostar de alguém, sentirmo-nos próximos de alguém.

Posso dizer que tive todo o tipo de relações, e o meu passado é marcado por interações disfuncionais: coisas mal ditas, discussões sem nexo, insultos, ofensas, confusões...tudo. A minha psicóloga disse que isso foi fruto de pessoas más, invejosas, e que elas próprias foram marcadas pelos seus passados de mágoa. Depois de muita dor e amizades perdidas, entendi.

Limpei-me a mim mesma e, com isso, limpei toda a minha vida. Não tive ninguém (só, claro, a minha família) e fiquei bem com isso. Tinha uma atitude de "estou-me nas tintas" e tornei-me numa pessoa confiante. Isso mudou tudo para melhor. E as pessoas foram aparecendo: poucas novas na minha vida, outras que redescobri por causa da minha nova perspetiva. A cortina da perspetiva positiva revelou os meus amigos verdadeiros que ficaram da maré de confusão do meu passado. Até hoje, eles sabem bem dos esqueletos do meu armário.

Conheci também indivíduos do sexo masculino que me deixaram perplexa - não confusa e descontrolada, como antes. Fiquei sinceramente com uma ligação forte com eles, mesmo se a interação tivesse durado pouco tempo. O amor, essa emoção tão alienígena mas tão terrena, apoderou-se de mim novamente. Mas, não estava a entender - porque é que não estava a conseguir fazer durar a pessoa, mas a ligação ficava?

Conformei-me novamente. Nunca fui adepta de ligações sem amor, não gosto de fingir em nada. Por isso, decidi apaixonar-me. Desta vez, o amor vinha de mim mesma, para ninguém em particular. Li muito e fiquei mais inspirada do que alguma vez me tinha sentido, e foi aí que descobri o que é amar incondicionalmente.

Foi aí que tudo mudou ainda mais. Cheguei à conclusão que estou em constante melhoria, e que tudo vem de mim - até o amor. Amor vem de dentro, se for puro - sem confusão, apenas calmaria. E nesse lago chegou o ser humano mais representante do amor que sinto por mim mesma. Este post é dedicado a ele.

Cláudia

0 comentários:

Enviar um comentário

Página oficial

Subscreve à newsletter

Artigo em destaque

Como Usar a Lei da Atração: O Segredo na Prática >> PDF Gratuito

Para aqueles que querem aprender os básicos sobre a Lei da Atração e como usá-la para criar a vida que deseja, escrevi um livro que exp...

Envia-me uma mensagem

Nome

Email *

Mensagem *

Seguidores

Instagram